www.radartutorial.eu www.radartutorial.eu Noções básicas de radar

AN/APG-66

Descrição do conjunto de radares, características técnico-táticas

Figura 1: Fácil acesso ao receptor de radar e ao transmissor abaixo na F-16.

Figura 1: Fácil acesso ao receptor de radar e ao transmissor abaixo na F-16.

Especificações Técnicas
Banda da frequência: bande X
Intervalo de repetição
de pulsos (PRT):
Freqüência de repetição
de impulsos (PRF)
:
Largura de pulso (τ):
Período de recepção:
Período de descanso:
Potência de pico:
Potência média:
Alcance instrumentado: 80 NM (≙ 150 km)
Resolução da distância:
Precisão:
Largura do feixe em azimute:
Número de impulsos recebidos:
Velocidade de
rotação da antena:
MTBCF: 120 h
MTTR: 5 min

AN/APG-66

O AN/APG-66 é um radar de impulso de banda X totalmente coerente, desenvolvido originalmente para as aeronaves F-16 multirole, suportando os mísseis AN/AIM-7F/M Sparrow, AN/AIM-9L/M Sidewinder, AN/AIM-120A, Penguin, MICA e Skyflash E. O radar é modular no projeto e consiste em seis conjuntos substituíveis em campo (antena, amplificador de potência, transmissor/excitador, processador de sinal de radar digital, processador de dados de radar, unidade de visualização). No total, cerca de 9500 componentes são utilizados na AN/APG-66. O radar não tem estabilização mecânica, nem hidráulica nem servomotores. A correção exigida por pitch and roll é feita eletronicamente. Os primeiros modelos ainda usavam um tubo de onda progressiva como amplificador de potência, que foi substituído por semicondutores da versão AN/APG-66(V)2 em diante.

Uma confiabilidade de 121 horas de operação e um tempo médio de reparo de 5 minutos foram formalmente comprovados. A AN/APG-66 fornece 10 modos de operação diferentes, alguns dos quais estão associados à agilidade de freqüência para imunidade a ruídos. Todas as funções, incluindo um autoteste, são controladas pelo computador de bordo através de um ônibus serial. A produção contínua de peças de reposição é assegurada por um consórcio europeu composto por empresas da Bélgica, Dinamarca, Holanda e Noruega.

Variantes

Com base na versão básica da AN/APG-66, uma série de variações foram desenvolvidas: