www.radartutorial.eu www.radartutorial.eu Noções básicas de radar

AN/TPS-73

Descrição do conjunto de radares, características técnico-táticas

Figura 1: AN/TPS-73

Figura 1: AN/TPS-73

Especificações Técnicas
Banda da frequência: 2,7 … 2,9 GHz
Intervalo de repetição
de pulsos (PRT):
Freqüência de repetição
de impulsos (PRF)
:
Largura de pulso (τ):
Período de recepção:
Período de descanso:
Potência de pico: 10 kW
Potência média: 1,1 kW
Alcante maximo: 60 NM (≙ 111 km)
Resolução da distância: 230 m
Precisão: 60 m, 0,18°
Largura do feixe em azimute: β= 1,45°, ε= 5°
Número de impulsos recebidos:
Velocidade de
rotação da antena:
12 ou 15 min-1
MTBCF: 5 000 h
MTTR: 1,4 h

AN/TPS-73

O AN/TPS-73 é um radar primário multifuncional na banda S, completamente construído em tecnologia de semicondutores, que pode ser utilizado tanto como radar táctico de controlo de tráfego aéreo de longo alcance, como também como „tapa-fendas” no reconhecimento do espaço aéreo. Está acoplado a um radar secundário monopulso. O sistema foi desenvolvido para atender aos requisitos do controle de tráfego aéreo no monitoramento, detecção, rastreamento e identificação de alvos em um ambiente com forte interferência de alvos fixos e contramedidas eletrônicas. A agilidade de freqüência atuando sobre toda a banda de freqüência de pulso a pulso com o pulso de transmissão intra-pulso modulado que requer apenas uma baixa potência de pulso garante uma alta probabilidade de detecção para os alvos em todo o espaço alocado e ao mesmo tempo reduz a possibilidade de reconhecimento do próprio local do radar. O amplificador de potência do transmissor consiste em módulos intercambiáveis com 300 Watt de potência de pulso cada um.

A superfície reflectora em forma de rede desenvolvida pela empresa Alenia como recorte de um parabolóide é iluminada por dois radiadores, o que resulta numa melhor resistência à interferência de alvos fixos. Pode ser alimentada com polarização linear horizontal ou circular. O receptor de baixo ruído assegura uma detecção optimizada dos alvos móveis e utiliza um mapa electrónico dos alvos fixos para os limiares ajustados nos oito filtros Doppler. Um extractor automático de parcelas gere simultaneamente 600 pistas alvo confirmadas ou 300 não confirmadas. Para neutralizar interferências activas, o radar muda a sua frequência portadora de pulso para pulso ou de grupo de pulso para grupo de pulso e procura automaticamente a frequência com as interferências menos activas.

O AN/TPS-73 está alojado num único contentor ISO normalizado de 10 pés, que também fornece espaço de armazenamento para o conjunto de antenas durante o transporte. O radar é transportável por terra, mar e ar (C-130, CH-53).

O AN/TPS-73 foi adquirido pelo US Marine Corps (USMC) em 1990 e também foi utilizado na guerra do Iraque. 18 radares TPS-73 foram entregues ao exército dos EUA como parte do Marine ATC e Landing System (MATCALS). O radar foi inicialmente produzido pela Paramax (uma subsidiária da UniSys), posteriormente pela Lockheed Martin Tactical Defense Systems em Great Neck, New York e Alenia SpA (Itália). Atualmente está sendo substituído pelo radar multifunção AN/TPS-80 ”G/ATOR”.

O radar foi fabricado sob licença por Alenia (posteriormente Selex ES, hoje Leonardo) e vendido sob o nome de Argos 73.[1]

Fontes e recursos:

  1. Folheto do fabricante (186 kByte)