www.radartutorial.eu www.radartutorial.eu Noções básicas de radar

Equação de radar para radar de diversidade de frequências

A equação de radar que desenvolvemos é independente do esquema de modulação e, em geral, pode ser usada com cada unidade de radar. Na prática, alguma outra variação da equação do radar será mais conveniente para a análise do sistema.

A fim de aumentar a probabilidade de detecção de um radar de diversidade de frequências (por exemplo, radar ATC do tipo ASR-910), dois pulsos de frequência diferente são irradiados um após o outro em intervalos muito curtos. Supondo que exista um espaço suficiente entre a freqüência dos pulsos irradiados, os sinais de eco de um alvo flutuante são estatisticamente correlacionados. A suavização da flutuação pode ser expressa em termos de ganho da relação sinal/ruído, ganho máximo de faixa ou maior probabilidade de detecção. Isso pode ser um alcance máximo aumentado ou uma probabilidade aumentada de detecção.

Um termo Lges é dado na equação geral do radar para perdas. Este termo inclui a perda de flutuação L f. A probabilidade de detecção é inversamente proporcional à perda de flutuação L f.

A seguinte equação é válida:

(49)

  • ne = Número de amostras estatisticamente independentes
  • Lf (1) = perda de flutuação de um alvo Swerling-I

O número de amostras estatisticamente independentes é resultado da largura de banda de diversidade Δf (este é o espaçamento de frequência entre os pulsos transmitidos) e a frequência de correlação fc do alvo.

(50)

  • c0 = velocidade da luz
  • Lr = dimensão radial da mira

Portanto:

(51)

Sob essa condição, a diminuição da perda de flutuação é determinada por:

(52)

Ao deixar de lado a duplicação de potência obtida com dois transmissores em frequências constantes, a faixa máxima através do modo de diversidade de frequências nunca pode ser melhor devido a perdas causadas pela flutuação.

Como a perda de flutuação também aumenta fortemente com o aumento da probabilidade de detecção, o efeito da diversidade seria realmente tratado como aprimoramento do contraste. Alvos fortes são destacados ainda mais, alvos fracos (PD : 40 … 60%) são menos influenciados. Para uma probabilidade de detecção, aparecem menos de cerca de 35% de perdas de diversidade.