www.radartutorial.eu Noções básicas de radar

Visão histórica

Figure 1: Wall painting from the Technical School of the Air Force in Kaufbeuren (Germany). Beautifully pointing: The administration was in the foreground at that time also.

Figure 1: Wall painting from the Technical School of the Air Force in Kaufbeuren (Germany). Beautifully pointing: The administration was in the foreground at that time also.

Visão histórica

Nemhuma nação nem uma pessoa podem dizer que a descoberta e o desenvolvimento da tecnologia de radar foi sua própria invenção. É preciso reconhecer que o „Radar“ é o acúmulo de muitos desenvolvimentos e melhorias, em que cientistas de várias nações participaram paralelamente. No passado, existem marcos relevantes, com a descoberta de importantes descobertas básicas e importantes invenções:

1865 O físico escocês James Clerk Maxwell apresenta sua „Teoria do campo eletromagnético“ (descrição das ondas eletromagnéticas e sua propagação). Ele demonstrou que os campos elétricos e magnéticos viajam pelo espaço na forma de ondas e na velocidade constante da luz.

1886 O físico alemão Heinrich Rudolf Hertz descobriu ondas eletromagnéticas, demonstrando assim a teoria de Maxwell.

1897 O inventor italiano Guglielmo Marconi conseguiu a primeira transmissão de longa distância de ondas eletromagnéticas. Em seus primeiros experimentos, ele usou um fio em um poste de madeira. Em italiano, um poste de tendas é conhecido como l'antena centrale, e o poste com um fio ao lado usado como antena era simplesmente chamado de antena.

1900 Nicola Tesla sugeriu que o reflexo de ondas eletromagnéticas poderia ser usado para detectar objetos metálicos em movimento.

1904 O engenheiro alemão Christian Hülsmeyer inventa o „telemobiloscópio“ para monitorar o tráfego na água em baixa visibilidade. Este é o primeiro teste prático de radar. Hülsmeyer aplica sua invenção para uma patente na Alemanha, França e Reino Unido.

1921 A invenção do Magnetron como transmissor eficiente pelo físico norte-americano Albert Wallace Hull.

1922 Os engenheiros elétricos americanos Albert H. Taylor e Leo C. Young, do Laboratório de Pesquisa Naval (EUA), localizam um navio de madeira pela primeira vez.

1930 Lawrence A. Hyland (também do Laboratório de Pesquisa Naval), localiza uma aeronave pela primeira vez.

1931 Na Grã-Bretanha, a primeira proposta conhecida para um sistema de radar veio de William A. S. Butement e P. E. Pollard em janeiro de 1931. Eles equiparam um navio com radar. Como antenas foram utilizados pratos parabólicos e a fonte transmissora uma buzina. Embora seus equipamentos tenham produzido resultados de curto alcance, o trabalho foi abandonado por falta de apoio do governo.

1933 Com base no sonar inventado em 1931, Rudolph Kühnhold apresentou o chamado „Funkmessgerät“. Trabalhou num comprimento de onda de 48 cm e o transmissor tinha uma potência de cerca de 40 Watts. A partir desses testes, foi desenvolvido o radar Freya, produzido em série a partir de 1938.

1935 Robert Watson-Watt (mais tarde: Sr Robert) sugeriu que as ondas de rádio poderiam ser usadas para detectar aeronaves á distância e delinearam um meio de fazê-lo. A pesquisa intensiva começou e em 1939 na Grã-Bretanha que possuía uma cadeia defensiva de estações secretas de Radio Direction Finding (RDF)..

1936 O desenvolvimento do Klystron pelos técnicos, George F. Metcalf e William C. Hahn, ambos da General Electric. Este será um componente importante em unidades de radar como um amplificador ou uma válvula osciladora.

1939 Dois engenheiros da universidade em Birmingham, John Turton Randall e Henry Albert Howard Boot, construíram um pequeno poderoso radar usando um Multicavity-Magnetron. Os aviões B–17 foram equipados com este radar. Agora eles podiam encontrar e assim combater os submarinos alemães à noite e ao nevoeiro.

1940 Diferentes equipamentos de radar são desenvolvidos nos EUA, Rússia, Alemanha, França e Japão.

Impulsionada por eventos gerais de guerra e pelo desenvolvimento da Força Aérea para varias atividades, a tecnologia de radar sofreu um forte impulso de desenvolvimento durante a Segunda Guerra Mundial, e os aparelhos de radar foram usados durante a „Guerra Fria“ em grande número no interior da Alemanha e nas fronteiras.